Idade é relativo e um tema deveras tendencioso. Mas é inevitável chegar a opinião que uma mulher madura e que já passou por diversas fases da vida é inexplicavelmente mais excitante.

Não importa seus cabelos brancos brotando, sua mania de achar que as curvas estão mais em evidência. Sua estabilidade de como agir em certos momentos floresce de maneira sutil e determinada.

A maioria quer uma companhia para os momentos inexplicáveis e fascinantes de acordar e conversar sobre como foi o dia, de como ter uma relação sustentada na maturidade de que as coisas estão mudando de todos os lados. Uma mulher de quarenta sabe que relacionamento a sério é aquele que é sustentado pela verdade sem esquecer do romantismo e do engrandecimento das relações interpessoais.

Se ela tem filhos, não chame de “mãe solteira” porque o verdadeiro homem aceita os filhos como se fossem seus. O amor tem que transbordar e virar um santuário de carinho porque é apenas isso que elas querem: carinho e compreensão. A fragilidade deu lugar a certeza de que a vida só é bem vivida a dois quando existe cumplicidade.

Depois dos quarenta existem poucas dúvidas e mais loucura! Não se tem nada a perder… É a lei da vida. Porém, com a sagacidade de quem já viveu e passou por todos os tipos de aventuras. Mas, sedentas, elas querem mais: mais beijos, mais tato, mais carícias, mais sexo e viajar por mundos inimagináveis!

A gente reconhece pelo perfume, pela essência, pela vontade de querer sempre mais… O amor solidifica, o frio da barriga passou a ser um frio com elas debaixo de um edredom assistindo aquele filme e bebendo um vinho. Passar tardes de sábado como um casal na cozinha e comendo, se comendo… A mulher de 40 anos tem sede! Por presente, por bons companheiros que as levem a excelência e gozar a vida da melhor forma possível.

A casa vira um ninho de amor. E andar de mãos dadas relembrando a adolescência é maravilhoso! Tudo parece novo, mas só que bem mais intenso! É o amor e a paixão no mais alto grau da psique humana!
Não existe relacionamento morno com uma mulher de mais de 40 anos… É quente como brasa em pele quente! É certeza de uma profunda interação com o que mais se quer no ser humano: a intensidade!

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS