Nesse último sábado eu tive uma alegria imensa que gostaria de compartilhar com todos vocês. Eu revi dois ex-alunos do curso de Radiologia que ensinei em 2015 e que se tornaram professores na instituição que estou ensinando no momento.

Esse reencontro foi maravilhoso! Falei com os dois chamando o nome de cada um e com um sorrisão no rosto!

Eles disseram: “Professor! O senhor lembra dos nossos nomes?”. E respondi!

“Como poderia esquecer o nome de alunos tão queridos como vocês dois?”. E ficamos um tempão conversando na festa de confraternização de fim de ano da empresa!

Sabe aquele livro famoso chamado “Como fazer amigos e influenciar pessoas” de Dale Carnegie? Em minha opinião, uma das lições mais bonitas desse livro é: “Se dirija às pessoas sempre chamando-as pelo nome…”.

Nos sentimos imensamente valorizados quando somos chamados pelo próprio nome em vez de ser chamados de “fulano”, “menino”, “garoto”, “meu jovem”, “patrão” e tudo que é adjetivo que você conhece muito bem!

Fico muito feliz por ser um professor que venho deixando minha marca registrada nos meus alunos e ex-alunos! Se eu tivesse feito um trabalho “meia boca” lá atrás, em 2015. Eles se dirigiriam a mim dizendo: “Que bom rever o senhor professor. Como é o seu nome mesmo?…”.

Não! Eles me abraçaram e disseram: “Professor Isaias! Que honra reencontrá-lo. O senhor foi um dos melhores professores que tivemos na Radiologia…”.

Enfim! Aprenda essa lição preciosa. Fale com as pessoas que de alguma forma cruzam seu caminho no trabalho ou mesmo em outras atividades sempre pelo seus NOMES. Isso fará de você uma pessoa diferenciada! Não tenha dúvidas disso…

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS